Com ou sem reforma da Previdência, 4 motivos para poupar para aposentadoria

A reforma da Previdência tem sido motivo de protestos e debates pelo país nos últimos meses. Apesar de a votação do projeto ter sido suspensa pelo governo, o assunto continua presente no dia a dia do brasileiro.

Com ou sem aprovação da reforma da Previdência, é possível começar a guardar dinheiro agora para garantir a aposentadoria e a independência financeira.

É preciso reservar dinheiro todo mês para ter uma aposentadoria “sustentável” lá na frente, segundo o educador financeiro Reinaldo Domingos.

A aposentadoria é sustentável quando o trabalhador consegue manter a qualidade de vida apenas com o dinheiro de sua aposentadoria, sem precisar continuar trabalhando nem pedir ajuda a outras pessoas.

Reinaldo Domingos, educador financeiro

O especialista elenca quatro motivos para você começar a guardar dinheiro desde já para a aposentadoria:

1. Valor do INSS não será suficiente
O valor que o beneficiário recebe do INSS normalmente não é suficiente para manter o padrão e a qualidade de vida.

De cada dez aposentados no Brasil, cerca de três continuam trabalhando, segundo uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Entre os motivos estão complementar a renda (46,9%) e manter a mente ocupada (23,2%).

2. Não depender da ajuda de parentes
Segundo a mesma pesquisa, 35,1% dos idosos entrevistados chegaram à velhice sem ter se preparado para a aposentadoria. Para Domingos, isso faz com que os idosos dependam de ajuda de parentes para manter a mesma qualidade de vida.

Evite depender da ajuda de parentes, de terceiros ou de qualquer caridade na aposentadoria. Infelizmente, essa é a realidade de muitos aposentados hoje

3. Deixar de trabalhar quando quiser
Para conseguir parar de trabalhar quando quiser, e trabalhar apenas por prazer, você tem que começar a poupar cedo.

Tenha o hábito de poupar parte da renda durante o seu período produtivo. Não é preciso trabalhar mais para conseguir esse dinheiro, mas fazer mais com o que você já recebe. Por exemplo, há excesso de 30%, em média, do que consumimos dentro de casa, como água, energia, telefone e alimentação. O dinheiro está, portanto, dentro da nossa própria casa.

4. Poupar pouco no começo
A dica de Domingos é começar a poupar para a aposentadoria logo após o nascimento.

“O ideal seria os pais abrirem uma previdência privada para o filho assim que ele nascer. Nasceu, você faz o registro de nascimento no cartório e já abre uma previdência privada para ele. Não precisa guardar muito. Pode ser 2% ou 3% do ganho bruto mensal. Quando o seu filho tiver 18 anos, terá uma boa reserva para continuar poupando.”

No início de carreira profissional, diz ele, o ideal é guardar 10% do seu salário bruto para a aposentadoria.

Quanto mais tarde você começar a fazer isso, o esforço vai ser maior. Você terá que guardar de 15% a 20% todo mês. Depende do esforço e da vontade de cada um.

Para ele, a pessoa que começar a poupar tarde deverá abrir mão de alguns desejos para ter uma aposentadoria sustentável. UOL

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.