Reestruturação: Denúncia no MPT tem primeira audiência

O Banco do Brasil deve proteger os funcionários no caso de reestruturações, principalmente, com a manutenção dos salários. Este foi o resultado da primeira audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho (MPT), realizada na quinta-feira, 10 de maio, após denúncia do movimento sindical contra o BB pelo descomissionamento de cerca de 700 caixas em todo o país.

Na audiência, os representantes dos trabalhadores ratificaram o pedido feito em mesa de negociação de que os caixas devem ter o mesmo tratamento dos demais cargos, com a manutenção mínima de Verba de Caráter Pessoal (VCP) de quatro meses. O banco se manteve intransigente quanto à VCP ou mesmo sobre manter a gratificação de caixa para os descomissionados. Mas se comprometeu a levar para a próxima audiência um estudo sobre a realocação com priorização em locais próximos.

Avaliação
Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, lamenta que um item simples de isonomia de tratamento com os demais funcionários seja tão difícil para o Banco do Brasil. “O BB precisa reconhecer que a perda de 25% do salário em média é muito grande para os caixas descomissionados. O pagamento de quatro meses de VCP ou gratificação de caixa é muito pouco em relação aos mais de R$ 3 bilhões de lucro apenas no primeiro trimestre deste ano”, resume.

“Quando da reestruturação anunciada em 2016 e levada a cabo em 2017, executivos atingidos receberam ainda por um ano o VCP. Demais comissionados, receberam por 4 meses. Porém, o que notamos é que o BB sequer tinha previsão orçamentária para contemplar os caixas. Isso mostra o descaso da direção da empresa com esses trabalhadores que muitas vezes são a linha de frente no bom atendimento ao cliente”, contextualiza Pablo Dias, sindicalista de Curitiba, que acompanhou a audiência. “Enquanto isso, parece sobrar dinheiro para promover festas de premiações em resorts”, completa.

Uma nova audiência foi marcada para o dia 12 de junho. SEEB – Curitiba com Contraf

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *