Banrisul sinaliza que irá manter direitos do acordo específico

Ainda não foi desta vez que saiu acordo na negociação com o Banrisul. Reunidos na manhã desta sexta-feira, dia 10 de agosto, na sede Asbancos no Centro de Porto Alegre, os membros do Comando Nacional dos Banrisulenses e os representantes do Banrisul avançaram as negociações no segundo encontro entre as partes. De positivo, a intenção do banco em manter todos os direitos do acordo específico, que estão ameaçados a partir de 1° de setembro com a nova legislação trabalhista. O banco garantiu que vai buscar alternativas para prorrogar o acordo, garantindo a ultratividade, enquanto um novo acordo específico ou nacional não é firmado.

O que não avançou no encontro desta sexta-feira foi a discussão sobre a pauta de reinvindicações dos Banrisulenses, entregue no dia 15 de junho, e formulada durante o Encontro Nacional dos Banrisulenses, realizado no início de junho. A expectativa é que a próxima mesa discuta especificamente a pauta que representa os anseios da categoria. O banco solicitou que o Comando apresente na próxima reunião, marcada para quarta-feira, dia 15 de agosto, os principais pontos da pauta. O diretor da Fetrafi-RS e funcionário do Banrisul, Sérgio Hoff, avalia que um dos fatores que fizeram a negociação avançar foi a mobilização dos colegas do Banrisul, que participaram do Dia do Basta, nesta sexta-feira, em frente ao prédio do Associação dos Bancos, e também a ampla participação dos bancários nas assembleias da última quarta-feira, dia 8, nos sindicatos do Estado. “Com a mobilização e com a discussão da mesa de negociação, nós conseguimos progredir para um compromisso do banco de começar a construir uma alternativa ao pré-acordo. Isso é muito importante, mas não desmobiliza a categoria. A nossa pauta continua não atendida. O momento, agora, é de cobrarmos que eles venham responder as nossas reivindicações”, destaca.

Outro ponto: É fato que o Banrisul vai aplicar o índice de reajuste das verbas salariais, da PLR e de todas as garantias econômicas que for assinado na negociação nacional com a Fenaban. O banco também sinalizou que tem uma pauta própria e que pretende discutir o banco de horas, questões relacionadas à gratificação de funções e a renovação do acordo do ano passado. A próxima mesa de negociação ficou marcada para a quarta-feira, 15/8, a partir das 14h, na sede da Fetrafi-RS em Porto Alegre. Fetrafi-RS

Veja como foram as negociações anteriores do Banrisul
> 1ª rodada: Primeira mesa de negociação com o Banrisul termina em frustração

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.