Tentativa de roubo a banco em Joinville; Sindicato atende à agência

Joinville – A Polícia Militar prendeu na manhã desta sexta-feira 21, três homens suspeitos de envolvimento em uma tentativa de assalto a uma agência bancária na Zona Leste de Joinville. No local, houve troca de tiros e um dos suspeitos foi atingido por um disparo de arma de fogo.

O assalto ocorreu por volta das 9h30. Durante a tentativa de assalto, o vigilante trocou tiros e um dos suspeitos foi atingido. Um Nissan Tiida preto e um Volkswagem Parati branco, foram vistos fugindo do local. A Polícia Militar foi acionada e com o apoio do helicóptero Águia, o Tiida foi localizado transitando em alta velocidade no bairro Bucarein.

Houve perseguição e o condutor do Tiida colidiu em outro veículo na esquina das ruas Urussanga com Padre Kolb. Após o choque, os ocupantes do veículo tentaram continuar fuga a pé. Dois foram detidos e um conseguiu pular sobre os muros das residências e fugiu. Um dos suspeitos que estava ferido na nádega foi atendido por uma ambulância do SAMU e conduzido para o Hospital Municipal São José.

Nada foi roubado.

Sindicato visita o local

Prontamente, o Sindicato, ao ser informado do ocorrido, manteve contato com o banco, cobrando a emissão de CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho), assistência psicológica para todos os funcionários e fechamento da agência.

O presidente do Bancários Joinville, Valdemar Luz, esteve depois no local e reforçou a cobrança, tendo sido informado que foi aberto atendimento psiquiátrico, CAT, além de ter sido acionado o programa interno do banco para estes casos, onde os bancários terão acompanhamento psicológico-terapêutico.

“Todos os trabalhadores devem ter assegurado o direito a atendimento médico e psicológico. Além disso, é obrigação do banco emitir a CAT a todos os que foram vítimas do assalto. Muitos bancários vítimas de assalto desenvolvem síndrome do pânico e estresse pós-traumático, meses depois da ocorrência. Esse procedimento é uma proteção aos trabalhadores que porventura venham a desenvolver problemas de saúde.”, afirma Valdemar.

CAT

A Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) é um documento que serve para reconhecer um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional, como é o caso de um trauma psicológico desenvolvido após o empregado passar por um assalto no local de trabalho.

É obrigação do empregador emitir o documento, imprescindível para dar entrada em pedidos de afastamento pelo INSS. Caso a empresa se negue, o trabalhador pode requisitá-lo nos centros de referência em saúde do trabalhador ou no Sindicato .

Boletim de Ocorrência

“Outra orientação do Sindicato é sobre a importância de todos os bancários obterem uma cópia do Boletim de Ocorrência, mesmo quem não tenha o nome mencionado no BO”, conclui Luz. Redação Bancários Joinville com Gazeta de Joinville

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.