Reunião entre o Banco Santander e o movimento sindical

São Paulo – Na última quinta 11, na sede do banco espanhol, foi realizada reunião do movimento sindical com a direção de Recursos Humanos – Relações Sindicais do Santander.

Em pauta:

No último dia 11 (quinta-feira), na sede do Banco, em São Paulo, foi realizada reunião da Contec (Confederação Nacional dos Bancários) com a direção de Recursos Humanos-Relações Sindicais do Santander. Nesse encontro, o Paraná esteve representado pelo diretor do Sindicato dos Bancários de Maringá e diretor da Federação dos Bancários do Paraná, Israel Lobo Coelho. Na sequência, segue o que foi discutido na reunião:

BEM – VA/VR
O Banco tem a perspectiva de cadastrar/credenciar até 30/04/19, 120.000 locais de atendimento da nova bandeira (equiparando ao número atual da Alelo), não exatamente ou necessariamente os mesmos locais. Meta até final de 2019 de 300.000 locais credenciados.

De pronto, o cartão BEM é aceito nas maquinetas Cielo e Getner. Existe negociação em andamento para maquinetas da Stone, Safrapay e outras.

O primeiro crédito para a nova bandeira deverá ocorrer em 30/04/19.

O saldo existente nos cartões antigos (Alelo), terá validade e deverá ser esgotado no prazo máximo de 90 dias, a contar da data do último crédito, que se deu em 30/03/19.

O Santander computou a devolução pelos Correios, de aproximadamente 1.000 cartões BEM não entregues aos seus colaboradores. Estes serão encaminhados para a agência de lotação de cada funcionário.

GERENTE DE NEGÓCIOS/SERVIÇOS
Existe o projeto-piloto, o acompanhamento de mais ou menos 40 funcionários em atividade.
O projeto em sua amplitude tem previsto seu início para maio/2019.

Todas as agências estão eleitas a participar do novo processo, porém não todos os funcionários (**caixas**). Para esta decisão será analisado o perfil/necessidade da agência.

A princípio, estima-se que permanecerão na função caixa entre 1600/1700 funcionários.

Em regra, o funcionário que assumir a nova função, deverá atuar no máximo 30% do tempo no caixa.

Os funcionários que não tiverem CPA 10 deverão providenciar o quanto antes (existe divergência na exigência: Banco Central prazo de 1 ano; Ambima exige de imediato).

TRABALHO VOLUNTÁRIO – EDUCAÇÃO FINANCEIRA (SÁBADOS 9 ÀS 12H)
No projeto estão relacionadas 29 agências, período: maio e junho/19. Em São José dos Campos relacionada a agência 3310-João Guilhermino. Em julho o Banco deverá fazer um balanço sobre o projeto.

O projeto contempla palestras e atendimento individual, sobre assuntos diferenciados relacionados a ajudar as pessoas no que tange à Educação Financeira.

Deverá ocorrer em determinado espaço da agência, com restrições de locomoção dos participantes aos demais ambientes.

Os funcionários que optarem por participar deverão se inscrever nos canais disponibilizados pelo Banco (portal, Now…) “voluntariamente”.

Qualquer atitude dos gestores relacionada a obrigar funcionário à participação ou repressão relacionada à participação, entre outros, será contida pela direção do Banco, mediante  comunicado da ocorrência ao Banco pelo funcionário envolvido.

O Banco prevê manter equipe de suporte para os mais variados problemas que poderão ocorrer na agência, no horário de funcionamento do projeto. Deverá manter vigilante presente.

Os funcionários envolvidos na abertura da agência não deverão ser os mesmos (gerentes e Adms.) lotados na agência participante.

ABERTURA DE AGÊNCIAS SÁBADOS/DOMINGOS E FERIADOS
O projeto contempla agências localizadas dentro de “shoppings centers”, poderá ser de forma experimental de (+/-) uns 3 meses para avaliação do Banco.

Os funcionários envolvidos deverão receber hora extra, dia de folga (1 por 1), produção na matrícula. Modelo ainda não formatado, porém em análise, sobretudo para que os participantes sejam limitados à quantidade de dias a trabalhar nesta escala.

SEGURANÇA DE AGÊNCIAS
Início do projeto previsto para os estados de SP, RJ e MG. Contempla a retirada das chaves das agências da responsabilidade dos adms./Grtes. (meta até o final de 2019 de 500 agências).

Implementação de reconhecimento facial para acesso à agência e tesouraria.

Os GGs e GAs ficarão restritos do acesso de numerário (tesoureiro eletrônico). O valor permitido nos caixas deverá ser mínimo (para troco).

Agência Flamboyant Campinas já atua nessas condições.

O banco prevê até o fim do ano de 2019 +/- 28 agências trabalhando no modelo novo.

PLANOS DE SAÚDE
Será agendada nova reunião para tratar do tema face o mesmo ser muito específico e polêmico. A maior parte das reclamações dos usuários é com relação aos custos da coparticição, principalmente da Sul América.

EXTRA
Dados do Diesse – dezembro/2018
Santander = 2.283 agências – 1.267 PABs – 5.500 correspondentes bancários – 48.000 funcionários.

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.