Sem consultar trabalhadores, Santander muda horário de atendimento

São Paulo – A gestão do Santander no Brasil vem desrespeitando os trabalhadores. Desta vez, o horário do atendimento gerencial foi alterado sem consultar os bancários ou o Sindicato, sem processo de negociação ou diálogo.

A mudança veio através de um comunicado, mantendo o horário de atendimento dos caixas entre 10h e 16h, mas aumentando o tempo de atendimento gerencial, que passa a ser entre 9h30 e 16h30 nas agências padrão, das 9h às 17h nas agências Select e pontos de atendimento (PAs). Isso contraria o compromisso assinado pelo Santander de debater alterações deste tipo com a representação dos trabalhadores, o que não aconteceu.

A norma do Banco Central estabelece horário mínimo de atendimento ao cliente de 5 horas, mas não estabelece horário máximo, bem como o artigo 224 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e a CCT dos bancários especificam a jornada dos bancários.

Tal mudança trará alterações significativas na rotina dos trabalhadores e isso deveria ter sido discutido anteriormente. O problema não é apenas a mudança em si, mas o método como ela é feita, configurando prática antissindical e um desrespeito para com os bancários. SEEB-SP com edição Redação Bancários Joinville

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.