Santander exigindo que bancários forneçam telefone pessoal para os clientes?

São Paulo – Em meio ao isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus, o Santander exigiu, por meio de comunicado interno, que os bancários forneçam seus contatos pessoais para os clientes. Isso faz com que a jornada de trabalho seja extrapolada devido aos telefonemas e mensagens de clientes enviadas fora do expediente, e pior, inclusive aos finais de semana.

Diante da situação, o movimento sindical enviou ofício ao banco, cobrando explicações:

“Solicitamos informações e esclarecimentos de quais medidas o banco tem tomado para resguardar direitos mínimos de seus empregados, entre os quais: cumprimento da jornada de trabalho prevista na lei (artigo 224, CLT), não ofensa à intimidade e privacidade (artigo 5º, X, Constituição Federal), entre outros. Ainda, a legislação é categórica ao determinar que não deve haver distinção entre o trabalho realizado dentro das dependências da empresa ou fora dela (artigo 6º, CLT), razão pela qual os empregados não poderão sofrer um agravamento em suas atividades funcionais, sejam elas quais forem”, diz trecho do documento.

O artigo 5º da Constituição Federal determina, dentre outras garantias, a inviolabilidade da intimidade e da vida privada. Já o artigo 224 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) estabelece jornada de seis horas diárias e 30 semanais aos bancários que não ocupam cargos de direção, gerência, fiscalização, chefia e equivalentes, ou que desempenhem outros cargos de confiança. O artigo 6º da CLT, por sua vez, determina que deve estar previamente caracterizada a relação de trabalho ”que não diferencie entre o trabalho realizado no estabelecimento do empregador, o executado no domicílio do empregado e o realizado a distância.”

“Esta imposição atenta contra direitos individuais e trabalhistas garantidos pela Constituição Federal e pela Consolidação das Leis do Trabalho”. afirma Valdemar Luz, presidente do Sindicato dos Bancários e Financiários de Joinville.

Procure o Sindicato

O Bancários Joinville, através de sua diretoria está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários e financiários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o Decreto?

Central de Atendimento via WhatsApp – 47 99723-2128.

Redes Sociais – nossos canais no FacebookTwitter e Instagram estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia. Redação Bancários Joinville

 

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.