Contra demissões, bancários reagem com ato no Centro de Joinville

#BradescoNaoDemita

Joinville – Os bancários de Joinville e região reagiram e protestaram, nesta terça 20, contra o fechamento de 500 agências do Bradesco no país e as demissões que vem ocorrendo por conta da unificação de algumas delas.

O ato foi em frente a agência Centro, em frente ao Terminal de Ônibus, sede também da Superintendência e outros órgãos do banco. Nos próximos dias, mais agências de outros bairros de Joinville também farão manifestação.

Confira no vídeo acima como foi o protesto.

Segundo o presidente do Sindicato, Valdemar Luz, os bancários estão trabalhando em clima tenso pelas demissões dos colegas. “Aos bancários do Bradesco a nossa solidariedade e ao banco que lucra 7 bilhões em um semestre e demite seu patrimônio, nosso repúdio e nosso aviso que vai ter luta”, diz.

Com faixas e distribuição de carta aberta à população, os trabalhadores dialogaram com os clientes sobre o fechamento de agências.

“Deixamos claro aos clientes que eles serão prejudicados com a demissão dos trabalhadores, pois deixam de receber um serviço de qualidade. E não é só isso, fechando agências, o comércio deixa de ganhar sem uma economia local. Ou seja, todos perdem. Todos que quiserem se solidarizar com a causa dos bancários, devem usar #BradescoNaoDemita nas redes sociais”, acrescenta.

Campanha conjunta

O Bancários Joinville se solidariza e estende sua luta aos bancários do Itaú, Santander, e demais bancos. Há outras alternativas para evitar as demissões.

“Não existe razão para demitir. Os bancos descumpriram o compromisso público assumido e promoveram demissões de pais e mães de família em meio à uma pandemia. Não podemos aceitar tais demissões e estamos cobrando abertura de nova negociação com o banco”, conclui Luz.

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.