Sindicato na luta em defesa do BB e seus trabalhadores

A reestruturação no Banco do Brasil prevê o fechamento de agências e outras unidades, além da demissão de 5 mil funcionários.

Informamos que esta reestruturação só traz prejuízos para a população e os funcionários do Banco do Brasil. O Sindicato dos Bancários de Joinville e Região vai dar curso a uma grande luta, levando para os clientes do banco, para os parlamentares, prefeitos e para a população em geral os danos que a proposta da direção do banco pode provocar. Vivemos uma pandemia e eles querem demitir 5 mil pessoas, fechar agências que atendem cidades isoladas do interior, além de tentarem desmontar um banco público essencial para a economia brasileira.

Precisamos nos mobilizar nas redes sociais e investir em ações sindicais.

Também será acionado o Ministério Público do Trabalho. Vamos também lançar mão de ações judiciais para garantir ao bancário direitos básicos, como garantia à estabilidade financeira para quem recebe gratificação/comissão por longo período (nos termos da súmula 372/TST); manutenção do salário para quem teve o cargo renomeado, porém continua com idênticas atividades, havendo ilegalidade no rebaixamento salarial e o não desconto em conta corrente de valores relativos a bolsa de estudos.

“A pressão pela saída de 5.000 funcionários, a retirada de direitos, a precarização no atendimento e a falta de transparência da direção do BB coordenada pelo Governo Federal, nos leva mais uma vez a luta, a resistência porque o nosso papel é defender estes bancários e o movimento sindical bancário está organizado e irá fazer a defesa de todos eles e não vamos medir esforços, seja na esfera judicial ou na ação sindical”, diz Valdemar Luz, presidente do Sindicato dos Bancários.

Acompanhe todas as notícias por este LINK:

ESPECIAL REESTRUTURAÇÃO NO BANCO DO BRASIL

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.