“Convite” para retorno presencial gera apreensão entre bancários do BB

O Banco do Brasil divulgou comunicado autorizando o retorno voluntário ao trabalho presencial dos bancários de escritórios e departamentos, mesmo os não vacinados com a segunda dose, desde que não sejam grupo de risco para o coronavírus. A espécie de “convite” gerou apreensão entre os trabalhadores, que na sua maioria já está adaptada ao teletrabalho e não deseja o retorno.

“Não vemos razões em expor os bancários a um risco desnecessário, que vai desde o trajeto ao ambiente de trabalho, se os critérios científicos indicam que um retorno seguro deve ser condicionado a um índice superior a 70% da população imunizada. O teletrabalho trouxe um ganho de produtividade e serviu para reduzir significantemente o número de casos, internações e mortes, além da redução de custos para o banco. O ‘convite’ para retorno voluntário desrespeita o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) Emergencial da Covid-19, que garantiu maior proteção aos trabalhadores na pandemia”, assevera Valdemar Luz, presidente do Sindicato dos Bancários.

Segundo pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) com quase 13 mil bancários e bancárias, divulgada no início do mês, durante a 23ª Conferência Nacional dos Bancários, o teletrabalho garantiu mais proteção contra a pandemia. Entre as bancárias e os bancários que ficaram em teletrabalho, 77% não apresentaram diagnóstico positivo de Convid-19, contra 23% contagiados. Por outro lado, entre os que não estiveram em teletrabalho, o percentual de contaminação foi de 38%.

“O Sindicato irá acompanhar de perto como se dará este possível retorno voluntário ao trabalho presencial. O bancário não pode sofrer qualquer pressão para retornar ou qualquer tipo de punição por sua recusa. Quem sofrer qualquer tipo de pressão para retorno ao trabalho presencial, ou verificar condições sanitárias inadequadas no local de trabalho, deve entrar em contato imediatamente com o Sindicato. O sigilo é garantido”, conclui Luz.

Denuncie

Para formalizar sua denúncia, preencha todos os campos do formulário abaixo. A denúncia também pode ser feita online pelo WhatsApp do Sindicato, 99723-2128 ou pessoalmente junto à entidade, sito à Rua Nove de Março, 724, Centro.

Salientamos que esses dados serão mantidos em absoluto sigilo, e será encaminhado para o Banco apenas o teor da denúncia, o nome do denunciado e o local da ocorrência.

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Assunto

    Sua mensagem

    Bancarios Joinville

    A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.