Lucro do HSBC cai a US$ 4,3 bilhões

O HSBC, que já esteve presente em 87 países, vem saindo de alguns mercados, inclusive o Brasil.

O HSBC divulgou nesta terça-feira (3) que teve lucro líquido de US$ 4,3 bilhões no primeiro trimestre do ano, menor que o ganho de US$ 5,26 bilhões obtido em igual período de 2015. Na mesma comparação, a receita do banco britânico recuou 5,8%, a US$ 14,98 bilhões.

As provisões para perdas com empréstimos totalizaram US$ 1,16 bilhão entre janeiro e março, ante US$ 570 milhões no mesmo intervalo do ano passado.

Segundo o banco, as provisões foram impulsionadas pelos setores de petróleo e gás e de metais e mineração, e ganharam força em países como Brasil, Canadá e Espanha.

O HSBC, que já esteve presente em 87 países, vem saindo de alguns mercados, inclusive o Brasil, numa t03entativa de melhorar sua rentabilidade e lidar com o endurecimento da regulação do setor bancário desde a crise financeira mundial. Suas principais operações estão hoje na Ásia, no Reino Unido e na América do Norte.

Em fevereiro, o HSBC decidiu manter sua sede em Londres, após estudar a possibilidade de retornar para sua base original, em Hong Kong. Estadão

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.