Bancários pedem manutenção dos direitos, reposição da inflação e aumento real

Joinville – Durante o 46º Encontro Nacional dos Bancários e Securitários de Planejamento da Campanha Salarial 2018/2019, realizado de 25 a 27 deste mês, em São Paulo, dirigentes sindicais de todo país definiram a minuta de reivindicações que será negociada com os banqueiros na campanha salarial deste ano.

Durante o evento, ficou definido que a classe vai reivindicar reajuste com base no INPC dos últimos doze meses (setembro/2017 a agosto/2018) mais aumento real de 5%, e aumento real de 10% sobre verbas e benefícios, como vale-alimentação e cesta-alimentação.

Além da questão salarial, o Encontro Nacional planificou outras reivindicações dos bancários para este ano, conforme segue:

– Contratação de mais bancários para atender a demanda de serviços e evitar a extrapolação da jornada de trabalho;
– Que as homologações das rescisões de trabalho voltem a ser realizadas nos sindicatos, já que alguns bancos, entre eles o Santander, Itaú e Banco do Brasil, vêm realizando essas homologações em suas agências, brecha essa aberta pela reforma trabalhista;

– Maior participação na PLR;
– Fim das metas abusivas e do assédio moral;
– Fim das terceirizações;
– Melhoria da segurança nas agências;
– Melhoria no ambiente de trabalho para prevenir e combater as doenças ocupacionais.

O calendário definido pela Contec prevê que a pauta de reivindicações será entregue à Fenaban até o dia 13 de junho. Redação Bancários Joinville

Bancarios Joinville

A página do Sindicato dos Bancários de Joinville é um instrumento de informação, formação e interação com a categoria e a comunidade em geral.